De repente, tudo deu errado. O que eu faço agora?

O fracasso é simplesmente a oportunidade de começar de novo, desta vez de forma mais inteligente.

Henry Ford

Você planejou tudo direitinho, seguiu o passo a passo de seus planos, e de repente, aquela surpresa inesperada, um obstáculo, uma adversidade surge. Claro, não estava no planejamento, daí você perde o chão… Se a gente pudesse se ver no momento da frustração, o semblante vai mudando, mistura uma cara de cachorro pidão com preocupação. Se perde todo o brilho do entusiasmo, ficamos murchos e apagados.

Ok, é normal sentir o abalo. Mas e depois disso? Você perde o chão, cai e some junto com ele ou você procura um caminho que ainda exista chão?

Imagem relacionada

Aí está a diferença! Podemos nos envolver na dor da frustração e acabar ali junto com o primeiro obstáculo. Ou podemos, sentir a dor, respirar fundo e procurar as alternativas disponíveis para solucioná-lo.

O que você faz? Tudo bem, se agiu mal ou como dizem, meteu os pés pelas mãos, desde que você reflita sobre o que fez para que consiga fazer melhor na próxima vez, já está um passo a frente da maioria das pessoas que se deixa levar pelas emoções e não se dá conta disso.

Creio que o maior problema na vida do ser humano hoje em dia, é se deixar levar pelas emoções completamente… Se você não controla suas emoções, qualquer coisa pode controlá-lo, pense nisso.

O meu conselho é sempre respirar fundo diante da situação de seu desagrado e analisá-la com calma, e já ir pensando no que você pode fazer, agora, e agir.

O problema não é sentir frustração, decepção, tristeza, isso é normal, mas se deixar envolver e prolongá-la por mais tempo que o necessário.

O mais interessante é que vai surgir uma situação semelhante e da próxima vez, você já vai saber como agir e quais as alternativas cabíveis, pois você já passou por aquilo. Tudo é aprendizado. Analise as situações, aprenda as lições e faça melhor no momento apropriado.

Um exercício bom é no final do dia listar as frustrações, situações desagradáveis que teve e como você se saiu, como agiu, o que pensou e se, não foi um resultado que você tenha gostado, o que poderia ter feito no momento.

Assim, você vai ficar consciente do que fez e do que poderia ter feito melhor.

Por hoje é isso, espero que seu dia tenha sido bom e que você saiba lidar com os altos e baixos da vida.

De essência para essência,

Laudi Atman.